Ciência diz que gatos reconhecem voz do dono, mas preferem ignorar 

Por
24/04/2021
Ciência diz que gatos reconhecem voz do dono, mas preferem ignorar 
COMPARTILHE

Os cães correm na direção dos humanos quando são chamados. Sabem até os próprios nomes, por exemplo. Os bichanos, por outro lado, preferem apenas olhar, fingindo que não entenderam. Isso, pois a ciência diz que gatos reconhecem, sim, as vozes dos donos. 

Um estudo realizado em 2013 mostrou que os gatos evoluíram para identificar as vozes dos humanos. Mas eles preferem fingir que não ouviram nada mesmo. Ou seja, os bichanos escolhem ignorar as pessoas, mesmo os donos.  

Ciência diz que gatos reconhecem

Pesquisadores japoneses, da Universidade de Tóquio, testaram 20 gatos nas casas deles, com os donos. Eles deixaram as pessoas fora da vista dos bichanos para realizar os testes. 

Reproduziram os sons das vozes de estranhos e as dos donos dos gatos. Quando as vozes dos donos rodavam, era possível identificar sinais de reconhecimento. 

Em resumo, os gatos mexiam as orelhas, as caudas e havia até dilatações de pupilas e vocalização, além de mudanças nas posições das patas. Ou seja, os gatinhos sabiam quando era a voz do dono ou dona. 

Ciência diz que gatos escolhem ignorar a voz dos donos 

Enfim, quando eram reproduzidas as vozes de estranhos, os gatos não apresentavam qualquer reação. Quando eram as vozes dos donos, portanto, eles demonstravam sinais de reconhecimento. Mas não se moviam do lugar mesmo assim. 

Isso indica, em conclusão, que os gatos sabem reconhecer as vozes, mas preferem fingir que não ouviram nada. Sendo assim, quando você chamar pelo seu gato e ele não vier, não significa que ele não entender. Significa que ele não quer ir mesmo. 

Ciência diz que gatos reconhecem voz do dono

Isso, segundo os cientistas, é uma característica evolutiva. Os cachorros eram animais de carga, que precisavam atender a comandos e saber quando eram solicitados entre outros animais. 

Os gatos, por outro lado, sempre foram caçadores e solitários, sem costume de viver em grupos. Ou seja, um cachorro sabe que é chamado no meio de outros. Um gato não está acostumado a isso, evolutivamente falando. 

Os gatos sempre foram mestres de si mesmos, em resumo. Sem dúvida não será agora que isso murará.  

Mais curiosidades: 

Deformidade na mandíbula faz gatinha estar sempre mostrando a língua 

Enfermeira psiquiátrica deixou emprego para criar um café com gatos 

Gatinho realiza um truque incrível ao lado da dona no TikTok   

COMPARTILHE
Redator e Analista.
Está matéria tem 0 comentários. Seja o primeiro!

Fale o que Você Pensa

*
*