O que é Doença de Crohn: Sintomas e tratamentos 

O que é Doença de Crohn curiosidades

Com o avanço da medicina, doenças que antes eram uma sentença de sofrimento ou morte passam a ser tratáveis. Você sabe o que é Doença de Crohn? Em suma, é um desses males que, em suma, já pode ser controlado. Os problemas causados são graves, sem dúvida. Mas o acometido pode ter uma boa qualidade de vida. 

Qualquer faixa etária pode ser atingida, as a doença costuma se manifestar entre 20 e 40 anos. As inflamações sérias, que são consequências, resultam em incômodos bem relevantes. Enfim, saiba mais sobre esse probemas de saúde relativamente comum.  

O que é Doença de Crohn? 

O que é Doença de Crohn sintomas

Trata-se de um problema que gera inflamações no trato gastrointestinal. Atinge partes dos intestinos delgado e grosso. Mas há casos em que as inflamações atingem todo o sistema digestivo, da boca ao ânus. É uma doença muito parecida com a colite ulcerativa.  

Ambas tingem as mesmas regiões, em resumo. A Colite Ulcerativa atinge camadas mais superficiais do intestino. A Doença de Crohn, por outro lado, atinge segmentos mais profundos. De acordo com as áreas que afeta, pode ser chamada de Colite, Ileíte ou Enterite Regional. 

Para que haja menos confusão na hora do diagnóstico, usa-se o termo Doença de Crohn para se referir aos casos em que são atingidos: Ânus, cólon, duodeno, estômago, íleo e reto, por exemplo.  

O que a Doença de Crohn pode causar? 

O que é Doença de Crohn tratamento

A doença costuma evoluir de formas diferentes, de acordo com o paciente. Em suma, algumas pessoas praticamente não têm sintomas. Por outro lado, alguns acometidos sofrem bastante. São comuns, por exemplo, diarreias, dores de barriga em casos menos graves. A alimentação, em casos assim, não é tão diferente do que é considerado comum. 

Sintomas mais graves incluem febre, perda de peso evidente e rápida, dores abdominais e sensibilidade na região, vômitos, náuseas e até anemia de grau significativo. 

Quando a Doença de Crohn pode matar? 

O que é Doença de Crohn

Em casos extremamente graves, a falta de cuidados pode levar o paciente a resultados trágicos. A febre alta passa a ser persistente, assim como vômitos e diarreias, ou seja, a pessoa fica desidratada e anêmica. A perda de peso, enfim, é extremamente preocupante. Em suma, se o tratamento não for respeitado ou buscado, a conclusão pode ser bem grave. 

Como saber se tenho a Doença de Crohn? 

Por se manifestar de formas variadas, essa doença pode ser de difícil diagnóstico em certos casos. Quem tem sintomas mais leves, por exemplo, pode acabar se acostumando. Mas a falta de tratamento pode levar a uma piora no quadro. Geralmente a doença é identificada após apresentação de sintomas, que levam a exames. 

Mesmo sem exames muitos específicos, há procedimentos que podem ajudar na identificação. Portanto, o primeiro passo é procurar um médico ao sentir algo de diferente. 

Tratamento 

dor de barriga

Em casos leves, o acompanhamento periódico já pode ser suficiente, pois o médico dirá quando medidas diferentes podem ser tomadas. Dependendo do caso, não são necessários medicamentos, por exemplo.  

Ao saber o que é a Doença de Crohn e como ela se manifesta, a coisa fica mais fácil de se lidar. Os medicamentos, em síntese, não curam a doença. Eles servem para reduzir as inflamações e garantir mais qualidade de vida ao paciente.  

Com acompanhamento correto, a pessoa que sofre de Doença de Crohn pode ter uma vida praticamente normal. 

O que uma pessoa com Doença de Crohn pode comer? 

Por se tratar de inflamações digestivas, é melhor evitar alimentos que causariam efeitos controversos. Algumas comidas, em suma, causam problemas intestinais até em pessoas que não têm doença de Crohn. 

Enfim, evite frituras e gordura e porte por carnes magras e sem pele, de preferência de aves ou peixes. Doces e adoçantes artificiais podem acabar em diarreia, consuma com moderação. A hidratação é importante, portanto, recomenda-se, ao menos, dois litros de água diários. 

Cascas de frutas e verduras folhosas, em conclusão, não são tão boas para quem sofre desse mal. Condimentos, molhos e temperos fortes devem ficar de lado também. 

Recomenda-se fazer refeições pequenas, mas frequentes, ao longo do dia: 5 a 6. Mas não se esqueça de mastigar bem a comida. Lembre-se sempre que aqui há apenas algumas informações. Ou seja, o médico é sempre o profissional mais indicado. Um nutricionista, especializado em Crohn, após consulta médica, também pode ajudar na alimentação. 

Mais curiosidades: 

Tripofobia: o medo de buracos – essas fotos te incomodam? 

Sonhar com cachorro: Os significados por trás dos sonhos com cachorros 

Curiosidades do mundo: 10 fatos mais curiosos do mundo 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *