Mulher transforma casa em santuário para 26 animais deficientes adotados 

Por 20/03/2021
Mulher transforma casa em santuário para 26 animais deficientes adotados 
COMPARTILHE Curiosidades no Whats

Cada vida importa e é preciosa. Nem sempre isso é levado em consideração quando falamos de animais. Pets, por exemplo, acabam sendo sacrificados por terem deficiências. Só que poderiam ter vivido felizes com as pessoas certas. Mulher transforma casa em santuário para dezenas de bichinhos. 

Nem todos são deficientes, vale lembrar. Mesmo assim, são bichos que teriam destinos tristes fora desse local. Tudo isso começou, exatamente pela injustiça dessas situações. A criadora do projeto, Nicole Wulfekuhle, não conseguia aceitar que animais morressem apenas por serem diferentes. 

Ela é mãe de três filhos e já acolhe em casa 26 animais de espécies e raças variadas. Todos eles seriam descartados, sacrificados ou negligenciados. Certamente não imaginava que as coisas chegariam a esse ponto. Esses animais, sem dúvida, a agradecem por ter chegado. 

Mulher transforma casa em local para animais serem felizes 

Mulher transforma casa santuário

(Jam Press)

Essa história teve um ponto inicial bem específico. Em 2016, Nicole estava indo buscar seus dois gatos em um gatil. No caminho, ela encontrou um gatinho cego, abandonado e amedrontado. Sem pensar duas vezes, ela o levou para casa também. Ela fez a diferença na vida desse felino, mas não pararia por ali. 

Pouco depois, Nicole começou a receber mais animais vulneráveis, que não tinham para onde ir. Com a quantidade de animais, ela acabou registrando a própria casa como um santuário sem fins lucrativos. Ali, muitos pets sem chances de ser felizes esqueceram seus passados. 

O nome do abrigo é Lennon’s Legacy (Legado de Lennon) em homenagem a um cão de rua cego e surdo resgatado. Ele sofreu convulsões e morreu pouco após chegar aos Estados Unidos, mas marcou as vidas que ele tocou. A história de Lennon será sempre lembrada com animais que viveram dramas parecidos. 

Sorrisos em meio às dificuldades diárias 

Mulher transforma casa em santuário

(Jam Press)

Um dos animais que são cuidados por Nicole, por exemplo, é Belle, uma gata que precisa de cadeira de rodas. Há um lindo pitbull cego também e até duas cabras. Só gatos são 20, para se ter uma ideia. Os animais que vão para lá, são aqueles que não tinham opção ou que seriam eutanasiados. 

O cãozinho cego, chamado Jude, nos arranca sorrisos pela alegria que passa. Ele teve os olhos removidos por causa de infecções e também sofre com outra, a doença de Blount, que deixa as pernas arqueadas. Esse cãozinho não sorriria tanto se as coisas fossem diferentes. 

O acharam abandonado, desnutrido e com os olhos feridos. Há suspeitas, inclusive, que os ferimentos tenham sido infligidos por alguma pessoa cruel. Ele foi adotado por Nicole, que acompanhou o processo da triste remoção dos olhos. Mas hoje, ele é tão feliz como jamais foi. 

Um cãozinho deficiente que se tornou símbolo de um local amoroso 

pit bull cego

(Jam Press)

Quem diria que um pequeno pit bull, sem olhos, e com as pernas tortas seria um garoto propaganda? Contudo, mesmo com esses detalhes tristes, Jude é tão lindo e feliz, que todos os amam e o querem por perto. Segundo a dona, parece que ele nem sequer sabe que não enxerga. 

animais deficientes

(Jam Press)

Os outros sentidos dele são apurados e ele consegue se guiar por aí sem acidentes. Todos o amam exatamente como é e não mudariam nada nele, muito menos se livrariam do filhote. Até o caso da doença de Blount é tratada com atenção, para ele não sofrer com dores. 

Os donos anteriores, na melhor das hipóteses, o negligenciaram. Na pior, o maltrataram mesmo. Nicole prometeu a Jude, que ele nunca mais teria um dia sequer sem amor na vida dele. E, até o momento, ela está cumprindo muito bem. Jude foi treinado com som e consegue interagir nem com o mundo. 

Família unida em uma causa nobre 

lar para animais

(Jam Press)

Quando uma pessoa decide mudar a vida por uma causa, mesmo que seja nobre, nem sempre recebe apoio. Imagine trazer mais de 20 animais para morar com você. No caso da família Wulfekuhle tudo deu certo, pois o amor aos animais estava em todos. 

O marido dela, Dean, enfim, abraçou a causa ao lado da esposa de bom coração. Além de ajudar a cuidar dos animais, Dean também precisa de atenção. Ele ficou tetraplégico após um acidente de carro, em 1993. Nicole veio do País de Gales, conheceu Dean pela internet em 2014 e se mudou para os Estados Unidos para ficar com ele.  

A mulher dedica a vida a cuidar de animais com necessidades especiais ao lado do marido, que também é deficiente. Essa é uma família cheia de amor. Os sorrisos de Jude e Dean, portanto, são os combustíveis de Nicole. Cada dia é de aprendizado e novidades.  

Mulher transformou seu dia a dia em uma onda de bondade 

cachorro e dono

(Jam Press)

Cada uma das vidas afetadas por Nicole, mesmo a de Dean, que é um humano, nunca mais foi a mesma. Em síntese, ela acumula em si a responsabilidade de transformar vidas fadadas à tristeza ou fins trágicos sem ela. Nem todo mundo teria coragem de fazer algo assim, e nem se exige isso. Mas temos que tirar o chapéu para quem age. 

Ela saiu do país onde morava, antes de tudo, por amor e para cuidar de uma pessoa que precisava dela. No novo lar, transformou a casa em um santuário para animais abandonados e deficientes. Hoje, cuidar de todos eles e prometeu que nunca faltaria amor e compreensão. Sem dúvida, não é uma pessoa comum. 

Gatinhos e cachorros com necessidades especiais têm novas chances com essa guerreira. Que ela tenha toda ajuda que precisa e todo apoio que merece.

Mulher transforma casa animais

(Jam Press)

Mais curiosidades: 

Sonhar com cachorro: Os significados por trás dos sonhos com cachorros 

Família faz de tudo para salvar gatinho intersexo sem genitais 

Ele vive na zona nuclear de Fukushima para cuidar de gatos abandonados 

COMPARTILHE Curiosidades no Whats
Gravatar
Jornalista, repórter, produtor, diretor, youtuber, redator, escritor... e gente boa!
Está matéria tem 0 comentários. Seja o primeiro!

Fale o que Você Pensa

*
*