Gatinha foi coberta de esmalte e deixada para morrer por abusadores 

Por 30/03/2021
Gatinha foi coberta de esmalte e deixada para morrer por abusadores 
COMPARTILHE Curiosidades no Whats

Uma operação policial acabou resgatando um filhote que não sobreviveria muito mais. A gatinha foi coberta de esmalte e mal conseguia abrir os olhos, por exemplo. Acredita-se, em síntese, que funcionava por ali um tipo de ponto de treinamento de cachorros. Há também um jogo cruel no qual gatinhos pintados são jogados aos cães. Quem assiste pode apostar em qual filhote morrerá primeiro. 

Gatinha foi coberta de esmalte

(Men Media)

A operação aconteceu em West Yorkshire. A gatinha ganhou o nome de Vimto. Ela sobreviveu ao resgate, mas não se sabia se aguentaria muito tempo. Fraca, abatida e com medo, ela não resistiria muito tempo. Durante a noite, o Bradford Cat Watch Rescue trabalhou para retirar o esmalte dela.  

Gatinha foi coberta de esmalte fotos

(Men Media)

O grupo passou horas lutando para salvar Vimto. Em primeiro lugar, o esmalte poderia ter afetado os olhos dela também. O produto que estava sobre ala, aparentemente, era esmalte de unha. A equipe se revezava entre alimentar, ventilar, aquecer e verificar o estado do filhote.  

Gatinha foi coberta de esmalte e deixada para trás cruelmente 

Os cuidadores afirmaram no relato que ficaram com dor de cabeça por causa do cheiro do esmalte. Sendo assim, imagine como a gatinha não devia estar. Enfim, os danos totais só poderiam ser verificados após o tratamento, se ela sobrevivesse. Enfim, esse caso mostra o quão cruéis as pessoas podem ser. 

Gatinha foi coberta de esmalte salva

(Men Media)

Mais curiosidades; 

Gatinho joga os braços para o alto sempre que vê humanos e exige abraços 

Mulher se apaixona por gata considerada feia ignorada por anos no abrigo 

Casal viralizou no TikTok com vídeo hilário de gato e marido no spa 

COMPARTILHE Curiosidades no Whats
Gravatar
Jornalista, repórter, produtor, diretor, youtuber, redator, escritor... e gente boa!
Está matéria tem 0 comentários. Seja o primeiro!

Fale o que Você Pensa

*
*