Pitbull amável convida gatinha de rua grávida a ter bebês em sua casinha 

Por 24/04/2020
Pitbull amável convida gatinha de rua grávida a ter bebês em sua casinha 
COMPARTILHE Curiosidades no Whats

A cada dia que passa, temos mais e mais provas de que os cães só são violentos se foram preparados para isso. Sendo assim, a história do doce Hades vai te emocionar. O pitbull amável tomou uma atitude de aquecer o coração. 

pitbull amável

(Juan José P. Flores)

Certamente, outro estereótipo que tem caído por terra é o de que cachorros e gatos não se dão bem. Prova disso, é que Hades convidou uma gatinha de rua grávida a aproveitar sua casinha quentinha para ter os bebês.

pitbull casinha gata grávida

(Juan José P. Flores)

Há quem diga que os pitbulls têm caras de maus, mas, no caso de Hades, nem isso ele tem. O cãozinho tem, sim, um corpo forte e porte grande. Por outro lado, o rostinho é tão doce que não há como achar que é perigoso. 

pitbull amoroso

(Juan José P. Flores)

Esta história aconteceu no México, onde o cachorro mora com o tutor, Juan José P. Flores. E foi o homem que começou o contato de bom coração com a gatinha. Ele notou que estava grávida e começou a deixar comida para ela. 

pitbull amoroso ajuda gatinha

(Juan José P. Flores)

Hades percebeu e também passou a tratar a gata de rua com atenção e um certo carinho. Um dia, portanto, quando estava em casa, José foi chamado pelo cachorro, que o levou até sua casinha. O animal, sem dúvida, estava muito feliz, e o dono notou. 

Pitbull amável cuidou de gatinha com filhotes e os acolheu 

E não parou por aí, pois esse exemplar cãozinho tem o coração tão grande, que não consegue parar de fazer boas ações. Após trazer o amigo humano para ajudar, ele arrastou um cobertor para aquecer ainda mais a casinha com a gatinha dentro. 

gatinha grávida

(Juan José P. Flores)

Protegida e aquecida, ela deu à luz dois gatinhos dentro da casinha de Hades. Sentindo-se um papai adotivo, o pitbull ajudou a cuidar dos filhotes e não se importou em dormir em outro lugar. 

Depois de um tempo, a gatinha e os filhotes foram transferidos para a casa, onde José poderia ficar de olho neles. O cachorro, claro, também não largou a família felina um só momento. Sendo assim, se tornou um tipo de cuidador dos outros animais.

gata grávida

(Juan José P. Flores)

A gata ganhou o nome de Nicol e se tornou uma grande amiga de Hades. Os bebês serão encaminhados à adoção quando estiverem prontos. Por outro lado, Nicol será amiga do pitbull para sempre, pois foi adotada por José.  

Leia também: 

Pitbull adotado convence mãe humana a ficar com gatinho que ele adotou 

Gatinho sozinho em casa tem comportamento de partir o coração 

Mulher compra casa nova e gatinha que morava ali veio de brinde 

COMPARTILHE Curiosidades no Whats
Gravatar
Jornalista, repórter, produtor, diretor, youtuber, redator, escritor... e gente boa!
Está matéria tem 1 comentário. Comente você também!

1 Comentario

  1. Por favor, não separe os filhotes da mãezinha e do cachorrinho, eles irão sofrer com a separação. Fique com todos, são apenas dois filhotes! Depois é só castrar a mãezinha e os filhotinhos, para não aumentar o número de gatos.

Fale o que Você Pensa

*
*