As cidades mais frias do mundo

Por 29/03/2020
As cidades mais frias do mundo
COMPARTILHE Curiosidades no Whats

O Brasil é um país tropical, portanto, por aqui não passamos por invernos tão rigorosos. Mas há lugares no mundo que desafiam os moradores, os turistas e todo o resto. Estamos falando das cidades mais frias do mundo. São municípios que, sem dúvida, não são para qualquer pessoa.

Cidades mais geladas do mundo

A quarta mais fria, por exemplo, fica no Canadá. A cidade de Snag, na verdade, é um vilarejo de Yukon. Lá, a temperatura mais baixa registrada foi -63 °C, em 1947. Na Mongólia, a capital Ulan Bator tem cerca de 150 mil habitantes. Esta é, sem dúvida, a capital mais fria do mundo, pois já foram registrados por lá -40 °C.

Lembrando que essas duas cidades ainda não estão no top 3. Ou seja, quem quiser pagar para ver um frio assustador ainda tem opções mais geladas. O ranking é feito de acordo com as menores temperaturas registradas em cada cidade.

As cidades mais frias do mundo – top 3

Quais são as cidades mais frias do mundo

As três cidades mais frias do mundo ficam na Rússia. Este país gelado abriga muitos municípios congelantes e desafiadores. Yakutsk, por exemplo, tem mais de 235 mil habitantes. A cidade foi construída sobre um tipo de solo permanentemente congelado, chamado permafrost. A menor temperatura registrada foi de -64,5 °C, em 1891.

O vilarejo de Oymyakon tem menos habitantes: cerca de 500. Esta pequena localidade reveza o primeiro lugar, pois é até difícil de registrar o frio e ter certeza. Em 1933, foi registrada a temperatura de -67,7 °C.

E a campeã entre as cidades mais frias do mundo é Verkhoyansk, que tem apenas 1,5 mil habitantes. Em suma, ela fica perto do Círculo Polar Ártico. Esta impronunciável cidade já registrou -72 °C.

Leia também:

Conheça a cidade mais assustadora do Brasil

Curiosidades sobre animais: 5 recordes animais impressionantes

Pedrinho Matador: Maior serial killer do Brasil fez mais de 100 vítimas

COMPARTILHE Curiosidades no Whats
Gravatar
Jornalista, repórter, produtor, diretor, youtuber, redator, escritor... e gente boa!
Está matéria tem 0 comentários. Seja o primeiro!

Fale o que Você Pensa

*
*