Reality show de cirurgia plástica transforma mulheres totalmente e causa polêmica

REALITY SHOW DE CIRURGIA PLÁSTICA
Reality show de cirurgia plástica é criticado - Foto: Reprodução

A Coreia do Sul é um dos países no qual as cirurgias plásticas são mais populares. Sendo assim, um dos programas de TV que tem dado o que falar por lá tem a ver com o tema. Trata-se de um reality show de cirurgia plástica que muda totalmente as participantes.

reality show plásticas

O nome do programa é “Let Me In” (Deixe-me Entrar, em tradução livre). Em resumo, mulheres pobres são convidadas a passar por cirurgias que as transformam totalmente.

As operações estéticas são tão populares na capital, Seul, que há uma área da cidade dedicada aos procedimentos. Lá, os interessados encontram especialistas em casa parte do corpo. Em tradução, o nome dessa região poderia ser chamado de “área de melhoria”.

Reality show de cirurgia plástica faz sucesso no país

O programa estreou em 2010 e fez sucesso instantaneamente. Isso, pois muita gente passou a acompanhar para saber mais sobre os procedimentos que queriam fazer.

Por outro lado, o show também recebeu diversas críticas. Em suma, telespectadores e críticos afirmaram que o programa acaba criando um padrão de beleza absurdo. Afirmar que certos detalhes das pessoas não feios ou fora de padrão causaria problemas sociais e emocionais.

Mudando as mulheres, eliminado determinadas características, e condenando detalhes naturais, o Let Me In cria conceitos de beleza que só serão alcançados com dinheiro. E nem todos são ricos.

Programa humilha as participantes

O reality show de cirurgia plástica ainda é atacado por humilhar as participantes de baixa renda. Elas se apresentam, antes dos procedimentos, e precisam se desculpar pelos “defeitos” físicos. Até mesmo pedidos de desculpas por “genes ruins” são pedidos.

reality show maluco

E elas ainda são chamadas por apelidos ligados aos detalhes que buscam eliminar com as cirurgias. Sendo assim, são chamadas de goras, feias, orelhudas… e por aí vai.

Mesmo com a repercussão negativa, o programa é líder de audiência e outros países já estão querendo suas versões. A Tailândia, por exemplo, já estreou sua versão do show.

Leia também:

5 reality shows mais bizarros da história

Big Brother Brasil – Origem e curiosidades

Participante de reality show sugere fazer roupas com peles de coalas mortos em incêndios

Recomendamos para você



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *