China: Quase 18 mil frangos são condenados à morte por suspeita de gripe aviária

A China tem vivido um momento preocupante. Além do surto de coronavírus que já matou mais de 200 pessoas, o governo ainda precisa lidar com o perigo da gripe aviária. Casos de maus-tratos têm sido relatados, pois moradores acabaram entrando em uma histeria coletiva alguns estão matando os próprios animais domésticos, por exemplo.

Na outra linha de combate e preocupação, quase 18 mil frangos serão executados na província de Hunan. A temida gripe aviária é o centro da decisão. As informações são do Ministério da Agricultura do país, que afirma que os animais estão em isolamento.

A variação do vírus suspeito pode atingir humanos. Ainda segundo o governo, trata-se do H5N1, que é uma variação do H1N1. Não há registros de pessoas contaminadas na região.

Foto: Jenny Hill

Fonte: Bloomberg

Leia também: Governo chinês pede que pessoas abandonem ou matem seus cães e gatos por causa de coronavírus

Recomendamos para você



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *