Coronavírus pode ter origem em morcegos que são comidos em mercados chineses, segundo cientistas

Por 01/02/2020
Coronavírus pode ter origem em morcegos que são comidos em mercados chineses, segundo cientistas
COMPARTILHE Curiosidades no Whats

O novo coronavírus que varre o mundo e causou centenas de mortes pode ter vindo de morcegos, disseram os cientistas. Pesquisadores da Academia Chinesa de Ciências, do Exército de Libertação Popular e do Instituto Pasteur de Xangai chegaram à conclusão.

Em um comunicado, a equipe disse: “O hospedeiro natural do coronavírus de Wuhan pode ser o morcego … mas entre morcegos e humanos, pode haver um intermediário desconhecido”.

Tocador de vídeo

Testes do vírus revelaram que ele tem como alvo uma proteína chamada ACE2 – assim como seu primo SARS, de acordo com o South China Morning Post. Rastreando a evolução do vírus, a equipe de especialistas descobriu que ele pertencia ao betacoronavírus, tornando-o estruturalmente semelhante ao SARS.

Cientistas firmam que morcegos servidos em mercados podem sere hospedeiros do novo coronavírus

Cientistas afirmam que morcegos servidos em mercados podem ser hospedeiros do novo coronavírus – Foto: Reprodução/Twitter

As autoridades apontaram a culpa dos mercados de alimentos em Wuhan, a cidade chinesa no centro do surto que os cientistas estão tentando conter. Roedores e morcegos, entre outros animais, são abatidos e vendidos nos tradicionais ‘mercados úmidos’, onde os turistas se reúnem para ver o lado ‘real’ do país.

Leia também:

Quais são os sintomas do novo coronavírus

Governo chinês pede que pessoas abandonem ou matem seus cães e gatos por causa de coronavírus

Morcegos de mercados seriam hospedeiros de coronavírus

População chinesa em estado de alerta – Foto: AFP

COMPARTILHE Curiosidades no Whats
Gravatar
Redator e Analista.
Está matéria tem 0 comentários. Seja o primeiro!

Fale o que Você Pensa

*
*