Morador de rua morre e seu cão fica quatro meses esperando na porta do hospital

Por 11/01/2020
Morador de rua morre e seu cão fica quatro meses esperando na porta do hospital
COMPARTILHE Curiosidades no Whats
A fidelidade animal é exemplar. São tantos casos de amor incondicional de bichinhos por seus donos que o coração até se aquece. Mesmo que sejam história tristes, como a que contaremos a seguir.

Durante quatro meses, um cão se manteve insistentemente na porta de um hospital de Novo Horizonte (SP). Ele ficava o dia todo, quando não estava procurando comida, parado do lado de fora, olhando para dentro. Nunca tentou entrar, mas estava claramente esperando algo.

cão aguarda dono do lado de fora do hospital

Este mistério foi resolvido pelos funcionários, que acabaram se acostumando ao animal. Quatro meses antes, um morador de rua, de 59 anos, foi esfaqueado e encaminhado ao hospital. Pouco depois, o cão dele chegou, desesperado atrás do dono.  E é desde cachorro que estamos falando.

O que ele não sabia, é que o dono tinha morrido devido ao ferimento. Mesmo assim, ficou esperando, como fiel amigo que é. Quando o caso se popularizou, houve tentativas de adoção. O doguinho foi encaminhado ao um abrigo, mas fugiu e correu três quilômetros para voltar ao hospital.

Cão de morador de rua aguarda dono no hospital

Só depois de um tempo, alimentado e cuidado na porta da unidade de saúde pelos funcionários, ele seguir em frente. A recepcionista do local ganhou a confiança do cão, que nem tinha nome, e ele a deixou levá-lo para casa. Hoje o fiel animal voltou a ter amor e um amigo para a vida… no caso, uma amiga.

Leia também:

COMPARTILHE Curiosidades no Whats
Gravatar
Jornalista, repórter, produtor, diretor, youtuber, redator, escritor... e gente boa!
Está matéria tem 0 comentários. Seja o primeiro!

Fale o que Você Pensa

*
*