Galo de briga com lâmina presa na pata matou espectador de rinha

Por 21/01/2020
Galo de briga com lâmina presa na pata matou espectador de rinha
COMPARTILHE Curiosidades no Whats
Na Índia, um homem morreu após ser ferido por uma navalha presa à pata de um galo de briga. O homem foi atingido durante uma rinha, segundo informações de diversos jornais, no domingo. As apurações são do jornal New Zealand Herald.
homem morre em briga de galos

Foto: AP/Dailymail

A vítima se chamava Saripalli Venkateswara Rao, e tinha 55 anos. Ele acompanhava o brutal embate entre as aves na vila de Pragadavaram em 17 de janeiro, quando um dos galos se libertou de um treinador e o cortou no estômago com a navalha.

Venkateswara Rao sangrou até a morte pela ferida, segundo o relato. Não houve tempo de socorrê-lo.

Brigas de galo são proibidas na Índia

As brigas de galos foram proibidas na Índia em 1960. Mas continuam populares em algumas áreas do país, de acordo com a apuração. Acontecem clandestinamente e ainda são bastante procuradas. A selvageria aumenta, pois são colocadas esporas artificiais nos animais, como as lâminas, para causar mais danos.

galo mata homem em rinha

Leia também:

Toureira que exibiu orelhas de touro como troféus foi chifrada e ferida em tourada

Cenas fortes: Elefante mata tratador na frente de turistas após ser impedido de acasalar

Cobras gigantes de mais de 10 metros foram encontradas mortas após incêndio florestal

Os responsáveis preparam as aves no país, alimentando-as com dietas ricas em proteínas e dando-lhes esteroides para que cresçam grandes e possam causar mais danos. Uma crueldade sem tamanho, sem contar que se trata de violência gratuita, apenas pelo prazer de ver sangue.

Seres humanos escolhem lutar, até mesmo para se desafiarem, com vemos nas artes marciais. Por outro lado, os animais são obrigados, e isto não é comparável e muito menos justo.

Fonte: New Zealand Harold

galo de rinha matou espectador

COMPARTILHE Curiosidades no Whats
Gravatar
Jornalista, repórter, produtor, diretor, youtuber, redator, escritor... e gente boa!
Está matéria tem 0 comentários. Seja o primeiro!

Fale o que Você Pensa

*
*