Em chácara de SP pitbulls lutam até a morte e perdedores viram churrasco

Em chácara de SP pitbulls lutam até a morte e perdedores viram churrasco

Praticamente todos os dias falamos de como a crueldade humana alcança níveis inacreditáveis. Mais uma vez, um triste caso mostra isto da pior forma. A Polícia Civil do Paraná e o Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania (DPPC) descobriram um local que encobria uma prática desprezível.

Em uma chácara na cidade de Mairiporã (SP), na região metropolitana, funcionava uma rinha de pitbulls que extrapolava o crime e maus-tratos. Pelo menos 40 pessoas foram presas no local.

cães lutavam até a morte
Foto: Divulgação/Polícia Civil

Além das brigas em si, foram encontrados cães mortos e churrasco de carne de cachorro. Isso mesmo! Os animais que não conseguiam mais lutar viravam churrasco para os participantes da rinha. Pessoas de diversas nacionalidades foram presas e até um policial militar.

Uma criança e um adolescente foram apreendidos e o pai deles fugiu. O homem tinha guarda compartilhada e disse à mãe que ia levar os filhos à praia. Quando a polícia chegou, ele largou os filhos para trás e fugiu na mata. Depois, ligou para a mãe buscá-los na delegacia. Ele responderá por abandono de incapaz.

rinha de cães em são paulo
Foto: Divulgação/Polícia Civil

Também foi preso um veterinário, responsável por medicar os animais feridos e deixá-los prontos para outras lutas. Havia filhotes no local, que poderiam estar esperando treinamento para entrarem na rinha futuramente.

Os policiais chegaram até o local após rastrear um criador e um treinador de pitbulls do Paraná.

Fonte: R7

Leia também:

Reserva da Índia mata 20 caçadores por ano para proteger rinocerontes

pessoas foram presas em tinha de pitbulls
Foto: Divulgação/Polícia Civil

Recomendamos para você



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *