Menina de 13 anos desaparecida há dois meses foi encontrada em cativeiro na mata

Por 14/10/2019
Menina de 13 anos desaparecida há dois meses foi encontrada em cativeiro na mata
COMPARTILHE Curiosidades no Whats

Uma adolescente desapareceu no dia 31 de julho na região da Grande Florianópolis (SC). Depois de mais de dois meses sem notícias a família, e mesmo a polícia, já temiam o pior. Mas a menina de 13 anos desaparecida foi localizada, com vida, mantida em cativeiro em uma barraca na mata.

O suspeito de ter cometido o crime é o ex-vizinho da vítima, que já teria abusado dela antes. Tudo teria começado após ele saber que estava sendo investigado pelo estupro da jovem.

menina desaparecida santa catarina

Cativeiro mudava com frequência para despistar polícia
(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Ela foi localizada neste domingo (13) e era mantida em cárcere privado e condições degradantes. Em resumo, estava em uma área de mata fechada, na Guarda do Embaú, município de Palhoça. O lugar pertence ao Parque Estadual da Serra do Tabuleiro.

Os policiais chegaram até o local após denúncia anônima. O indivíduo que mantinha a menina presa sob a mira de uma arma escapou ao notar a aproximação policial.

No cativeiro foi apreendido um revólver calibre 32, carregado com seis munições. De acordo com as investigações, a garota vivia em condições insalubres e precárias no acampamento.

Menina de 13 desaparecida já tinha sido vítima do mesmo homem

adolescente sequestrada

Força-tarefa foi montada para encontrar a adolescente
(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Em 2018, ainda na cidade de Palhoça, foi instaurado inquérito policial para verificar se a garota, na época com 12 anos, tinha sido estuprada pelo vizinho. O homem que a mantinha em cativeiro é o mesmo que a teria estuprado.

Segundo as linhas de investigação, ele teria sequestrado a menina de 13 anos após saber que o caso estava sendo apurado. Ela ficou dois meses em poder do indivíduo.

Após rever a família e passar por atendimento psicológico, ela fará exames físicos. Em suma, a vítima será examinada no Instituto Geral de Perícias (IGP) e no Hospital Infantil Joana de Gusmão.

Durante o tempo em que ficou sob cárcere privado, a adolescente teve o cabelo cortado e pintado. O objetivo do sequestrador seria evitar que ela fosse reconhecida, pois era procurada em toda a região.

Ficha criminal do suspeito

O ex-vizinho da jovem já tinha diversos registros na polícia. Ele já tinha respondido por violência doméstica, furto e ameaça. O mandado de prisão contra ele ainda está em aberto, pois conseguiu se embrenhar na mata e fugir.

Foi montada uma verdadeira força-tarefa para descobrir o paradeiro da menina de 13 anos desaparecida. Participaram da ação a Coordenadoria de Recursos Especiais da Polícia Civil (CORE), Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCMI), Polícia Militar e Polícia Ambiental.

Leia também:

Homem com granada no bolso cai e artefato explode no RJ

Homem salvou o cachorro de casa em chamas e foi preso por isso

Irmã Dulce – a primeira Santa Brasileira

COMPARTILHE Curiosidades no Whats
Gravatar
Redator e Analista.
Está matéria tem 0 comentários. Seja o primeiro!

Fale o que Você Pensa

*
*