Mulher acolheu quase 100 cães de rua em casa devido a passagem de furacão

Por 04/09/2019
Mulher acolheu quase 100 cães de rua em casa devido a passagem de furacão
COMPARTILHE Curiosidades no Whats

Nas Bahamas, o Furacão Dorian já causou estragos gigantescos. Entre vidas perdidas e danos materiais, há pessoas tentado fazer o que podem para ajudar. É o caso de Chella Phillips, moradora de Nassau, capital do arquipélago. A mulher abrigou quase cem cães em um local seguro, até que o perigo passe.

Ela afirma ser conhecida nas ruas como “a louca dos cachorros”, pois ama os peludos. O detalhe é que todos os animais, resgatados das ruas da cidade, estão na casa dela. Só no quarto de Chella foram acumulados 79 cachorros.

cães resgatados

Cada cantinho foi tomado
Foto: Divulgação/Chella Phillips)

A situação é complicada. De acordo com os relatos da mulher, há xixi e cocô para todo lado, mas ao menos não sobem na cama dela. A atitude já se tornou destaque pelo mundo todo. A instituição na qual ela trabalha foca em ações do tipo.

A entidade é a Voiceless Dogs of Nassau (cães sem voz de Nassau, em tradução livre). Segundo a organização, Phillips faz o trabalho como um grupo de uma só pessoa. A entrevista foi concedida à CNN. As atividades dela mudam as vidas de centenas de animais anualmente.

Mulher abrigou 97 animais na casa dela e busca ajuda

Sem condições para arcar com os cuidados que os animais necessitam, Chella Phillips pediu ajuda pela internet. Mas não pense que ela solicitou dinheiro. A moradora de Nassau implorou para que adotantes dessem lares permanentes aos cães.

Isso, pois quando o furacão Dorian tiver passado, eles poderão ter que voltar às ruas. Ela ainda ressaltou a convivência dos animais. Segundo a voluntária, os cachorros não são como pessoas, e sabem lidar uns com os outros sem confusão.

cachorros furacão dorian

Próximo passo é arranjar adotantes para todos os cães
(Foto: Divulgação/Chella Phillips)

Leia também:

Gato gigante foi resgatado das ruas e recebeu mais de 3 mil pedidos de adoção

Atleta olímpico resgatou 90 cães que virariam comida na Coreia do Sul

Cães e gatos pretos são últimos a serem adotados, segundo estudo de ONG

Enfim, eles não brigam e nem dão trabalho. Por outro lado, uma pessoa apenas para cuidar de quase cem bichinhos é um atarefa quase impossível.

Cinco pessoas morreram nas Bahamas com a passagem do furacão. Ele agora está chegando aos Estados Unidos.

cães retirados das ruas

Seguros por enquanto
(Foto: Divulgação/Chella Phillips)

COMPARTILHE Curiosidades no Whats
Gravatar
Redator e Analista.
Está matéria tem 0 comentários. Seja o primeiro!

Fale o que Você Pensa

*
*