Gatinho resgatado com cadarço apertado no pescoço foi adotado

Por 25/08/2019
Gatinho resgatado com cadarço apertado no pescoço foi adotado
COMPARTILHE Curiosidades no Whats

Durante um passeio por Nova York, Timofey Yuriev encontrou um animal em situação de perigo e agiu. Um filhote de gato se arrastava pela calçada, lentamente, com um cordão esticado atrás dele. Quando parou o carro e se aproximou, viu que o felino tinha um problema sério. O gatinho foi resgatado com um cadarço amarrado no pescoço.

Em suma, o animal foi retirado da rua e levado para casa. O cadarço estava muito apertado e Yuriev teve trabalho para retirar. Quando ficou livre, o gato começou a miar desesperadamente e muito alto. Aparentemente, não estava conseguindo emitir sons por causa do nó.

gatinho resgatado

Devido à forma como foi encontrado, o gatinho foi batizado de “Laces” (Cadarços). No dia seguinte, Laces foi ao veterinário. Ele estava bem, mas precisava ganhar peso.

Gatinho foi resgatado com um cadarço amarrado no pescoço e poderia ter morrido

Mesmo com pouco tempo de vida, o animal já sentia os efeitos do cadarço na garganta. Se vivesse mais um pouco sem ser resgatado, acabaria morrendo asfixiado. Por outro lado, também poderia ficar preso ou ser enforcado.

gato salvo das ruas

Enfim, ele foi salvo de um destino certo. “Ele estava muito magro, desidratado, e com escoriações pelo corpo,” disse a veterinária Julie Potter, gerente da clínica Paws Crossed Animal, que atendeu Laces.

“Sobretudo, ele estava muito, muito assustado com a situação e inseguro quanto às pessoas. Não podemos culpá-lo por isso”, continuou ela.

Laces foi adotado por família cheia de amor

Apesar do laço que os unia, e não estamos falando do cadarço, obviamente, Yuriev não podia ficar com Laces e ele foi levado a um abrigo. Mas não ficou muito tempo por lá. A jornalista Lisa Salvadorini entrou em contato poucas semanas depois, querendo adotar o pequeno guerreiro.

resgate animal gato

Leia também:

Gatos copiam a personalidade dos donos, segundo estudo

Médicos cubanos desenvolvem cura para vitiligo com tratamento de três dias

Os 10 melhores filmes da década, segundo críticos

Ela ficou sabendo do caso através da profissão. A história tinha sido noticiada na cidade e Salvadorini viu a carinha do animal e decidiu ficar com ele. Os dois filhos dela nunca tinham tido um pet, e tudo se encaixava.

Em conclusão, as crianças choraram de alegria ao saber da chegada de Laces. Hoje, certamente, a família tem uma linda história para contar e, mais do que tudo, fazem parte desta história.

COMPARTILHE Curiosidades no Whats
Gravatar
Redator e Analista.
Está matéria tem 0 comentários. Seja o primeiro!

Fale o que Você Pensa

*
*