Cadela saudável foi morta para cumprir testamento e ser enterrada com a dona

Por 02/08/2019
Cadela saudável foi morta para cumprir testamento e ser enterrada com a dona
COMPARTILHE Curiosidades no Whats

O caso, certamente, não revoltou apenas os responsáveis pelo abrigo de animais da cidade de Chesterfield, no estado da Virgínia, nos EUA. Uma mulher faleceu e deixou algo muito cruel no testamento. O pet dela, uma cadela saudável, teria que ser sacrificada, cremada e enterrada junto à dona.

Em um trecho do testamento, a mulher escreve que isso seria para ela e o animal descansarem em paz. Emma, uma cachorrinha da raça shih-tzu, não tinha problema algum de saúde e ainda viveria muitos anos. Por outro lado, o executor do testamento insistiu que o documento fosse respeitado.

Emma foi levada ao abrigo da cidade após a morte da dona. Lá, passou um tempo com os cuidadores. Os funcionários tentaram convencer os envolvidos que não fazia sentido matar um animal apenas para cumprir um pedido.

Enfim, o apelo foi ignorado e Emma foi eutanasiada e enterrada com a mulher.

Cadela saudável foi morta por capricho e enterro pode ser ilegal

Alguns veterinários se manifestaram sobre o caso. Muitos dizendo que sacrificar uma cadela saudável para atender um capricho é algo cruel. Os funcionários do abrigo informaram que seria fácil arranjar outro lar para Emma, pois cães da raça dela são muito procurados.

O estado americano da Virgínia não permite que animais sejam enterrados em caixões. Ou seja, animais só podem ser enterrados em cemitérios específicos. Mas, a cadelinha teve as cinzas colocadas na sepultura da mulher, como foi pedido.

Leia também:

Cães sabem se uma pessoa e desonesta, aponta estudo

Gata gordinha encontra lar após ser devolvida quatro vezes a abrigo

Cão morreu e outro ficou cego após atacarem cobra para salvar bebê de um ano

O pedido só seria totalmente realizado se o enterro fosse em um cemitério particular. Não foi informado se foi esse o caso. Se não tiver sido dessa forma, duas coisas muito erradas aconteceram: a primeira é matar um animal saudável por um capricho; a segunda seria descumprir uma lei estadual pelo mesmo capricho.

O que foi feito com Emma, em resumo, não é ilegal por si só, já que a lei permite eutanásia de animais saudáveis. Por outro lado, muitos profissionais entendem a prática como antiética.

cadela foi enterrada com a dona

COMPARTILHE Curiosidades no Whats
Gravatar
Redator e Analista.
Está matéria tem 0 comentários. Seja o primeiro!

Fale o que Você Pensa

*
*