Porquinha sobrevivente foi adotada e virou comida do novo dono

Por 22/05/2019
Porquinha sobrevivente foi adotada e virou comida do novo dono
COMPARTILHE Curiosidades no Whats

São poucas as pessoas que não gostam de ver vídeos de animais resgatados, que encontraram um novo lar. Muita gente, inclusive, prefere ver animais bem tratados do que pessoas. E realmente aquece o coração ver cães ou gatos em situações de abandono que são acolhidos em um lar. Mas uma porquinha teve um destino estranho logo após ser adotada.

O caso aconteceu no Canadá e revoltou muita gente… com toda razão. Uma operação da Sociedade de Prevenção à Crueldade Animal (SPCA), da cidade de Nanaimo, resultou em 57 animais resgatados. Dezenas de porcos precisariam de lugares para morar após saírem do cativeiro.

Um dos sortudos que conseguiu uma família foi a porquinha Molly. Só que, aparentemente, não foi tão sortuda assim.

(Foto em destaque: Kameron Kincade/Unsplash)

Animais resgatados com um destino cruel

Os membros da SPCA ficaram felizes após enviarem Molly ao dono, que cuidaria dela. Porém, algum tempo depois, a organização recebeu a notícia de que Molly tinha morrido. Ela estava entre os animais resgatados de uma situação de maus-tratos. Mas, mesmo assim, acabou não podendo viver em paz. A porquinha estava nas mãos erradas.

Leia também:

Gato reencontra dono depois de 14 anos perdido

Holanda é primeiro país sem cães de rua

Quantas vezes por semana devemos fazer sexo?

Animais resgatados

A pequena Molly e seus amigos
Foto: Facebook/SCPA Nanaimo

O grupo de proteção animal descobriu não só que a Molly morrera, mas que o dono tinha comido ela. Quando foram tirar satisfação, descobriram que a porquinha tinha apresentado problemas de saúde, e o dono a sacrificou.

Para uma pessoa que tinha aceitado adotar um bichinho, esse cara não parecia ter muito amor por ele.

Ficou por isso mesmo

Apesar de o homem ter assinado um contrato no qual afirmava que não faria o que fez, a lei ficou do lado dele. Como ele comprovou que o animal estava doente, e que foi morto de acordo com as regras de abate, nada poderia ser feito.

A pequena Molly deu sorte de estar em um grupo de dezenas de animais resgatados. Também deu sorte de conseguir um lar entre tantos porquinhos. Mas deu o azar de encontrar um dono que poderia tê-la devolvido para tratamento, mas preferiu matar e comer a pobrezinha. Ela sobreviveu a muita coisa, e pereceu nas mãos mais improváveis.

COMPARTILHE Curiosidades no Whats
Gravatar
Redator e Analista.
Está matéria tem 0 comentários. Seja o primeiro!

Fale o que Você Pensa

*
*